Alemanha investiga Amazon e Apple

Autoridades econômicas da Alemanha estão investigando a Amazon e a Apple pela prática conhecida como ‘brandgating’.

Por meio dela, a Apple pode barrar pequenos vendedores de comercializar produtos de sua marca dentro do marketplace da Amazon.

Desde o início de 2019, apenas revendedores autorizados da Apple podem vender produtos da marca no marketplace da Amazon Alemanha.

“Acordos de brandgating podem ajudar a combater pirataria, mas essas medidas não podem resultar na eliminação pura e simples de competidores”, diz um documento publicado pelas autoridades.

Em comunicado, a Amazon disse que só remove vendedores por violação das regras do marketplace e investe em iniciativas para combater o comércio ilegal de produtos.

A Apple também defendeu o acordo. “A segurança de nossos clientes é prioridade para nós, e nossa empresa está constantemente envolvida em atividadees para eliminar produtos piratas do mercado”, disse a empresa em comunicado.