Apple acusa empresa de vender iPhones destinados a reciclagem

A Apple entrou com uma ação contra a empresa canadense GEEP. No processo, a fabricante do iPhone acusa a GEEP de vender cerca de 100 mil iPhones originalmente destinados a processo de reciclagem.

No processo, a Apple pede indenização de US$ 31 milhões, além do lucro obtido pela GEEP com a venda dos produtos.

A Apple contratou a GEEP para reciclar seus aparelhos em 2014, mas começou a desconfiar da parceira quando, em uma visita de auditoria, percebeu que parte dos aparelhos ficava em áreas não monitoradas por câmeras.

A partir daí, a Apple checou os números seriais dos aparelhos e verificou que estavam ativos. De acordo com a Apple, 18% de todos os aparelhos enviados à GEEP foram extraviados.

Em sua defesa, a GEEP afirma que, após investigação interna, descobriu que três funcionários teriam feito um esquema para desviar os aparelhos, que foram parar na China.

A GEEP diz ainda que não lucrou com as vendas dos aparelhos e só soube dos desvios após ter sido alertada pela Apple.