Apple amplia domínio em relógios inteligentes

A Apple é líder cada vez mais folgada do mercado de relógios inteligentes.

Dados da Counterpoint mostram que, no primeiro semestre deste ano, esse mercado cresceu 20% em relação ao ano passado, mesmo com os efeitos da pandemia de coronavírus.

Líder disparada, a Apple ampliou sua fatia de mercado de 43% no ano passado para 51% neste ano e tem os dois modelos mais vendidos (Series 5 e 3, já que a 4 foi descontinuada).

Em um distante segundo lugar vem a Garmin, com 9,4%, seguida por Huawei (8,3%), Samsung (7,2%) e Xiaomi (5%).

A Counterpoint observa que o Google Wear OS está em apenas 10% dos relógios atualmente no mercado.

Uma das apostas da empresa para crescer neste mercado é a compra da Fitbit, que tem 2,4% das vendas. Mas, como já comentado aqui, a aquisição está sob investigação da União Europeia.