BC barra pagamentos via WhatsApp

O Banco Central determinou ontem a suspensão dos pagamentos via WhatsApp, novidade anunciada há poucos dias pelo Facebook.

O BC encaminhou a ordem para Visa e Mastercard, que já declararam que vão cumprir a determinação e suspender o projeto até que haja uma decisão sobre o assunto.

O órgão alega que o serviço depende de autorização prévia, que ainda não fez as devidas análises sobre o impacto dos pagamentos via WhatsApp no setor financeiro nacional.

O Brasil seria o primeiro país a receber a novidade. O pagamento via WhatsApp faz parte da plataforma Facebook Pay, que deve posteriormente chegar também ao Instagram e ao Messenger.

Pode ter pesado na decisão do BC o fato de a novidade do Facebook ser um competidor privado para o Pix, o sistema digital de pagamentos instantâneos criado pelo próprio BC.

O Pix é um projeto aberto e com grande foco em integração entre diferentes sistemas bancários, criado pelo BC ao longo dos últimos dois anos em conjunto com diversas instituições financeiras. Ele deve chegar em novembro já com a participação de centenas de instituições financeiras.

Já o Facebook Pay é essencialmente um projeto privado, criado a partir de acordos entre o Facebook e alguns players do mercado financeiro.