Boatos via WhatsApp causam mais uma morte na Índia

Em um novo caso de boatos espalhados via WhatsApp, dez pessoas foram presas na Índia por linchar um homem acusado de sequestrar crianças. O homem não resistiu aos ferimentos e morreu, informa a AFP.

Os agressores, vizinhos da vítima que o agrediram com pedaços de bambu e barras de ferro, ouviram rumores no WhatsApp que advertiam sobre a presença de sequestradores de crianças e traficantes de órgãos.

Os boatos espalhados via WhatsApp já causaram mais de 20 mortes na Índia. Esse foi um dos fatores que levou o WhatsApp a limitar a função de encaminhamento de mensagens.