China aumenta vigilância e prende usuários do Twitter

Matéria publicada no NY Times mostra que o governo chinês vemaumentando a vigilância sobre usuários do Twitter.

Assim como Facebook e Google, o Twitter é bloqueado na China.Mas alguns chineses conseguem contornar o bloqueio usando conexões não monitoradas pelo governo.

O NY Times conversou com nove chineses que foram parar em delegacias por usar o Twitter.

Alguns deles foram interrogados, amarrados a cadeiras e ameaçados por horas até que prometessem apagar suas contas.

Ao NY Times, o ativista de direitos humanos Wang Aizhong disse que teve cerca de 3 mil tuítes deletados por hackers ligados ao governo chinês.

Ele havia recebido avisos do governo, mas tinha se recusado a apagar o conteúdo.

Outro ativista entrevistado pelo NY Times passou duas semanas preso, assistindo a vídeos de propaganda do governo.