Chromebooks e tablets puxam alta do mercado de PCs

O mercado de PCs continua a surfar na onda da pandemia. Dados da Canalys mostram que as vendas no terceiro tri deste ano foram 23% maiores do que no período do ano passado.

O relatório mostra que as categorias que mais cresceram foram os chromebooks e os ‘destacáveis’ (que inclui tablets e notebooks cujas telas podem ser destacadas).

Chromebooks em alta

No caso dos chromebooks, o crescimento anual foi de 122%, com vendas de 9,4 milhões de unidades. Os notebooks com sistema do Google são mais baratos do que PCs com Windows e Macs, e também por isso são muito populares para uso educacional.

Entre os fabricantes de chromebooks, a HP liderou o trimestre com 3,2 milhões de unidades vendidas, seguida por Lenovo (1,7M), Dell e Acer (1,3M cada).

A volta do iPad

O preço mais baixo do que o de um notebook comum também beneficiou os tablets, que registraram crescimento anual de 43%.

A categoria andava em baixa nos últimos anos, mas ‘ressuscitou’ com a pandemia por servir a quem quer um aparelho para videoconferências e alguns recursos mais básicos.

A Canalys aponta vendas totais de 44 milhões de tablets no trimestre, e a Apple liderou com folga (15,2M), seguida por Samsung (9M) e Huawei (5M).

Em PCs, Lenovo na ponta

No mercado de PCs em geral, a Lenovo manteve a liderança do mercado, com 23,4 milhões de unidades vendidas, seguida por Apple (22M, incluindo Macs e iPads), HP (18MK), e Dell (12M).