Cingapura obriga Facebook a corrigir post de usuário

O Facebook publicou uma correção logo abaixo de um post de um usuário em Cingapura. É a primeira vez que a rede social executa uma nova lei sobre conteúdo na internet da cidade-estado.

“O Facebook é legalmente obrigado a avisar você de que o governo de Cingapura considera que este post tem informações falsas”, diz o aviso, que é exibido apenas para usuários de Cingapura.

O post continha informações sobre a prisão de um opositor do governo e supostas irregularidades eleitorais.

O governo de Cingapura entrou em contato com o autor do post, Alex Tan, e exigiu que ele fosse apagado. Tan, que mora na Austrália, recusou-se a deletar o conteúdo.

Com a nova lei, o governo de Cingapura tem o direito de determinar quais conteúdos devem ser corrigidos.

As novas regras já estão sendo contestadas por entidades de defesa do direito de expressão e também pelo próprio Facebook.

“A nova lei começou a ser implementada recentemente, e esperamos que o governo de Cingpura garanta que ela não vai impactar a liberdade de expressão”, disse um porta-voz do Facebook à Reuters.