Cofundador do Facebook quer desmembrar a empresa

Há alguns meses comentamos aqui o artigo em que Chris Hughes, cofundador do Facebook, pedia que a empresa fosse desmembrada.

Segundo uma reportagem do NY Times, Hughes foi além de escrever artigos.

A matéria afirma que Hughes se associou a dois acadêmicos notoriamente críticos ao Facebook, Scott Hemphill e Tim Wu, e se reuniu com oficiais de diversos órgãos do governo americano.

Entre estes órgãos está o FTC, que recentemente aplicou a famosa multa de US$ 5 bilhões ao Facebook.

O NYT teve acesso a slides das apresentações feitas pelo trio Hughes, Hemphill e Wu às autoridades.

Nos slides, o grupo fala sobre supostas práticas anticompetitivas, como a de comprar empresas pequenas apenas para fechá-las e se manter no topo.

Fogo amigo

Hughes é um dos amigos que ajudaram Mark Zuckerberg a criar o Facebook na universidade de Harvard.

Assim como os outros integrantes da turma, Hughes ficou milionário com o crescimento do Facebook.

Ele ficou na empresa até 2007 e vendeu suas últimas ações em 2012.