Conoravírus impacta 24% das empresas de eletroeletrônicos no Brasil

Uma nova sondagem realizada pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) entre os dias 23 e 25 de março apontou que 24% das empresas do setor já atravessam uma paralisação parcial ou total na fabricação local.

Do total de 24% de empresas paralisadas agora, 42% relataram que a parada é total e 58%, parcial. A sondagem contou com a participação de 60 indústrias do setor eletroeletrônico.

Para o presidente da Abinee, Humberto Barbato, “a nova pesquisa indica que o maior problema agora não é mais o fornecimento de insumos da China, mas a chegada do coronavírus ao Brasil, que obrigou as empresas a adotarem medidas de prevenção, afetando assim a produção local”.

Se em 6 de março 70% do setor reportava problemas para importar do país asiático, hoje esse percentual caiu para 51%.

Algumas empresas do setor, contudo, também enfrentam problemas de abastecimento perante outros mercados, como o europeu e o próprio fornecimento local.