De saída, Trump faz última ‘maldade’ contra Huawei

Em guerra aberta com a Huawei há cerca de dois anos, Donald Trump preparou mais uma ‘surpresa’ para a companhia chinesa em seus últimos dias de mandato.

Ontem, o governo dos EUA notificou fornecedores da Huawei, incluindo a Intel, sobre a revogação de licenças especiais para venda de tecnologia para a companhia chinesa.

Desde o início do bloqueio, em 2019, o governo dos EUA concede algumas licenças especiais que permitem que empresas americanas forneçam tipos bem específicos de tecnologias para a Huawei.

Ontem, porém, oito destas licenças foram revogadas, segundo a Reuters.

Entre as empresas notificadas estão a Intel e a japonesa Kioxia, fabricante de chips de memória.

Segundo a Reuters, há atualmente cerca de 150 pedidos de licenças para venda de equipamentos para a Huawei sob revisão do governo americano.