Diem é “lobo em pele de cordeiro”, diz ministro alemão

Dias atrás comentamos por aqui sobre a mudança de nome da moeda digital do Facebook.

Nascida como libra, ela virou diem numa tentativa de “virar a página” e superar as críticas que vem recebendo desde seu anúncio no ano passado.

Entretanto, a repaginada parece não ter convencido as autoridades financeiras globais.

Ontem, o ministro das Finanças alemão, Olaf Scholz, fez novas críticas à moeda.

Em comunicado, ele disse que a mudança de nome foi apenas uma mudança cosmética.

“Um lobo em pele de cordeiro ainda é um lobo. A Alemanha e a Europa não podem e não aceitarão esta moeda em seus mercados enquanto os riscos regulatórios não forem adequadamente tratados”, disse o ministro.

A preocupação dele, e de outras autoridades financeiras globais, é sobre uso da moeda para lavagem de dinheiro e sobre o poder que a fundação que controla a diem teria sobre transações financeiras de milhões de pessoas em todo o mundo.

Como comentamos por aqui, o projeto da moeda foi drasticamente reduzido em relação ao original e a Fundação Diem planeja obter permissão de autoridades suíças até janeiro para lançar a moeda.