EUA aplicam novas restrições contra Huawei

O governo dos Estados Unidos anunciou na sexta-feira novas restrições contra a Huawei.

Com o novo decreto, que entra em vigor em setembro, companhias de todo o mundo estão proibidas de usar tecnologia e máquinas criadas nos EUA para produzir chips para a Huawei.

O decreto estabelece que mesmo empresas estrangeiras devem pedir uma licença ao governo americano se quiserem continuar usando tecnologia ‘Made in USA’ para produzir chips para a companhia chinesa.

A administração Trump diz ainda que, a princípio, essas licenças devem ser negadas.

O objetivo da medida é ‘estrangular’ ainda mais a Huawei, impedindo o acesso da empresa ao mercado global de tecnologia avançada de chips.

A empresa já está impedida de adquirir tecnologia de empresas americanas diretamente e, com o novo decreto, também não poderá adquirir tecnologia americana por meio de seus fornecedores.

A empresa tem uma forte divisão de chips, a HiSilicon. Mas ainda depende de outras empresas, como a TSMC, de Taiwan, para produzir seus processadores.