EUA estudam mais medidas contra a Huawei

Os Estados Unidos podem apertar ainda mais o cerco contra a Huawei.

Segundo reportagem da Reuters, o governo dos EUA estuda impor restrições também a empresas estrangeiras que usem tecnologia americana para fabricar chips e vendê-los para a Huawei.

Por exemplo, caso uma empresa britânica use tecnologia americana e forneça chips para a Huawei, ela teria que obter uma licença dos EUA para poder vender os chips para a companhia chinesa.

Segundo a Reuters, a nova regra tem como alvo chips de alta tecnologia e com alto grau de inovação, e não aqueles já comuns no mercado.

Como a maioria dos equipamentos de fabricação de chips depende da tecnologia norte-americana, a mudança representaria uma expansão da autoridade dos EUA para empresas de outros países.

Isso não agradaria muito aliados dos EUA, mas ainda assim o governo americano estaria disposto a implementar a medida.

O governo americano não comentou oficialmente a reportagem.