EUA investigam dona do TikTok

O TikTok, app usado principalmente fazer fazer vídeos engraçadinhos de dublagens e dancinhas, vem ganhando popularidade entre os jovens nos EUA.

Mas para o governo americano o aplicativo não é só uma bricandeirinha.

Autoridades dos EUA estão investigando a ByteDance, empresa chinesa responsável pelo app, por razões de segurança nacional.

Segundo a Reuters, a ByteDance está conversando com as autoridades a fim de manter seu controle sobre a Musical.ly, startup americana comprada em 2017.

A Musical.ly tinha um app similar ao TikTok. Meses após a compra, o app americano foi desativado e integrado ao app chinês, que então ganhou uma versão para os EUA.

A investigação da ByteDance está inserida no contexto global da guerra comercial entre EUA e China.

Em muitos setores do governo americano há uma desconfiança geral em relação a empresas chinesas. A Huawei é provavelmente a empresa que sofreu as mais graves consequências até agora, como já extensamente comentado por aqui.