EUA investigam Facebook e Google

Demorou um pouco, mas aconteceu. Confirmando rumores que circulavam há alguns meses, autoridades dos EUA abriram investigações contra Google e Facebook.

Procuradores de oito estados americanos anunciaram na sexta-feira uma investigação antitruste contra o Facebook.

Monopólio? Eu?

A questão central é o domínio praticamente absoluto da empresa quando se fala de redes sociais, quando incluímos na conta o Instagram e o WhatsApp.

Entre outros pontos, os procuradores vão investigar se o Facebook feriu leis locais ao comprar startups com o único objetivo de eliminar a concorrência.

As autoridades vão avaliar ainda se essas compras interferiram na liberdade de escolha do consumidor e no aumento do custo da publicidade online.

As aquisições mais famosas do Facebook são sem dúvida Instagram e WhatsApp, mas a empresa já comprou mais de 70 startups desde sua fundação.

Monopólio? Eu?

O Google será alvo de uma investigação similar, que será anunciada ainda hoje.

A empresa será investigada por seu amplo domínio na área de busca.

Cada vez mais, o Google usa sua busca para promover outros serviços da empresa, como mapas, vagas de emprego e reservas de viagens.

Concorrentes alegam que isso é uma prática ilegal, quando se leva em conta que o Google recebe cerca de 90% das buscas em todo o mundo.

Outro fator é que, cada vez mais, o Google extrai informações de outros sites e inclui as respostas das buscas na própria página de resultados.

Assim, o usuário resolve sua dúvida na página de resultados do Google, e não acessa outros sites.

Agora só faltam vocês

Com Google e Facebook já na mira das autoridades, espera-se também a abertura de investigações contra Amazon e Apple.

A primeira deve ser investigada por seu amplo domínio em e-commerce, e a segunda pelo controle total da oferta de apps para usuários do iPhone.