EUA: Startups recebem ajuda, mesmo sem precisar

Em longa matéria, o NY Times aborda casos de startups do Vale do Silício que receberam recursos do fundo de emergência do governo americano, mesmo sem precisar do dinheiro.

Há algumas semanas, o governo dos EUA criou um fundo de US$ 349 bilhões, voltado para ajudar principalmente pequenos negócios familiares.

Mas algumas startups, mesmo ainda com dinheiro em caixa e acesso a investidores, conseguiram receber recursos do programa.

O Sillicon Valley Bank, que age como intermediário para fornecer o auxílio a muitas startups, recebeu 5,5 mil pedidos de ajuda, dos quais 3 mil foram aprovados.

O comportamento dessas empresas tem gerado críticas de políticos e organizações trabalhistas. “Elas fazem porque podem, é dinheiro de graça” disse ao NY Times o investidor Chris Olsen.