Fabricante do iPhone, Foxconn corta despesas

A Foxconn, empresa de Taiwan que fabrica o iPhone e outros smartphones, vai cortar despesas em 2019.

De acordo com a Bloomberg, a empresa cortará US$ 2,9 bilhões em despesas e vai demitir 10% de funcionários de áreas não-técnicas.

Com fábricas gigantescas na China e em Taiwan, a Foxconn é a principal parceira da Apple na fabricação de iPhones.

A empresa também fornece componentes e monta smartphones e outros eletrônicos para Google e Amazon, entre outras empresas.

Segundo a Bloomberg, um comunicado interno afirma que a Foxconn espera “um ano difícil” em 2019.

Recentemente, outras fornecedoras da Apple reduziram suas expectativas em meio a rumores de redução na produção de iPhones.

Ontem, as ações da Apple fecharam em um valor 20% menor do que o máximo histórico, atingido no mês passado.