Facebook ameaça abandonar Europa caso nova lei entre em vigor

Em documento enviado à Justiça irlandesa, o Facebook diz que pode encerrar suas operações na Europa caso uma nova lei de privacidade entre em vigor.

“Caso sejamos submetidos a uma completa suspensão da transferência de dados entre EUA e Europa, não é claro para o Facebook como a empresa poderá continuar a prestar serviços de suas redes sociais na União Europeia”, diz documento da empresa, enviado no início do mês e divulgado ontem pela Vice.

Na ação, o Facebook observa que tem mais de 400 milhões de usuários na Europa (incluindo aí o Instagram) e afirma ainda que seus apps movimentaram bilhões de dólares de empresas europeias.

Como já comentamos aqui, uma nova lei aprovada em março impõe regras muito mais rígidas para o uso de dados de europeus fora do bloco.

A Irlanda é o primeiro país a tentar forçar o Facebook a cumprir as novas regras e, por meio de sua autoridade de dados (IDPC), ordenou que o Facebook suspenda a transferência de dados.

A empresa, por sua vez, recorreu à Justiça para tentar anular a decisão.