Facebook divulga nova falha de privacidade

O Facebook divulgou ontem uma nova falha de privacidade da rede social.

A empresa continou a compartilhar dados de usuários com cerca de 5 mil apps externos, mesmo depois que o acesso destes apps ao Facebook foi suspenso.

Em resposta ao caso Cambridge Analytica, o Facebook adicionou uma regra que cancelava o compartilhamento de dados caso o usuário deixasse de usar o app por 90 dias.

Porém, em algumas situações, essa regra não funcionava, e portanto os apps continuavam a acessar os dados dos usuários após 90 dias.

A empresa corrigiu a brecha, mas não revelou quantos usuários foram afetados por ela.