Facebook falha em bloqueio de notícias na Austrália

Comentamos por aqui ontem sobre o bloqueio ao compartilhamento de notícias que o Facebook iniciou na Austrália.

O primeiro dia da iniciativa, porém, não foi nada bom para a empresa.

Além de sites de notícias, foram bloqueados também posts de hospitais, serviços públicos e ONGs.

O Serviço de Meteorologia da Austrália, por exemplo, não conseguiu atualizar sua página no Facebook, em uma época de muitos incêndios florestais pelo país.

Os problemas, claro, deram mais munição aos críticos do Facebook no país.

Como já comentado, o Facebook se recusou a entrar em acordo para pagar a sites de jornalismo pelo uso de seus posts e resolveu simplesmente proibir o compartilhamento de notícias na plataforma.

A empresa, porém, não foi a única a receber críticas.

De acordo com o NY Times, há também no país muitas críticas à nova lei que na prática obriga a empresas a pagarem por usarem links.

Algumas autoridades australianas observam que haveria meios mais eficientes de transferir dinheiro das Big Tech para a produção de jornalismo.

Uma dessas formas seria simplesmente criar um imposto sobre a receita de grandes empresas de tecnologia, e transferir os recursos para um fundo voltado à produção de jornalismo.

Na lei atual, Google e Facebook são estimulados a fazerem acordos com grandes grupos de comunicação, e não há qualquer controle sobre o real destino do dinheiro recebido pelas empresas de conteúdo.