Funcionários de fábrica da Samsung cogitam greve

Os funcionários da fábrica da Samsung em Campinas cogitam entrar em greve, informa o MobileTime. Caso isso se concretize, a produção de smartphones da líder do mercado brasileiro pode ficar comprometida.

Ao MobileTime, um representante sindical afirmou que a greve pode ocorrer se a empresa não chegar a um acordo com os funcionários sobre o tempo de paralisação da fábrica, por conta do coronavírus.

O representante disse que a Samsung ofereceu 7 dias de interrupção, tempo considerado insuficiente pelos funcionários, devido ao crescimento da pandemia no País.

O Sindicato dos Metalúrgicos da região considera que as férias antecipadas deveriam ser de 30 dias.

O MobileTime reporta ainda que LG e Flextronics (responsável pelos smartphones Motorola) seguem com fábricas paradas ou em capacidade reduzida.