Fundada por ex-99, Kovi recebe aporte de US$ 30 milhões

A startup brasileira Kovi, fundada por dois ex-executivos da 99, anunciou ontem um aporte de US$ 30 milhões.

Entre os investidores estão os fundos Monashees e pessoas físicas como o fundador do Tinder, Justin Mateen.

A Kovi foi fundada no início do ano passado e atua com aluguel de carros para motoristas de aplicativos.

Segundo a Kovi, uma das vantagens do modelo da empresa é que o motorista não precisa se preocupar com manutenção, acidentes ou roubo do veículo.

A Kovi tem atualmente 110 funcionários e mais de 3 mil carros alugados. A empresa atua em São Paulo, Porto Alegre e Cidade do México.

Vale notar que o Brasil é o segundo maior mercado do Uber no mundo, com 22 milhões de usuários.