Garmin pagou resgate de milhões de dólares a criminosos

Conhecida por sua linha de relógios, GPSs e outros acessórios fitness, a Garmin pagou um resgate de milhões de dólares a um grupo que invadiu os servidores da empresa há algumas semanas.

Os criminosos criptografaram arquivos dos servidores da Garmin e interromperam as operações da empresa por quatro dias.

Segundo a Sky News, os criminosos fazem parte do grupo russo Evil Corp, já monitorado há algum tempo pelos EUA.

A Sky News diz ainda que a Garmin recorreu a uma empresa de segurança para intermediar o pagamento do resgate aos cibercriminosos.

O grupo Evil Corp teria usado o vírus WastedLocker para realizar o ataque.

No fim do ano passado, o governo dos EUA indiciou indivíduos e empresas que fariam parte do Evil Corp.

O grupo causou prejuízo de mais de US$ 100 milhões a instituições financeiras americanas, segundo autoridades.