Google e Apple sofrem derrota no Arizona

Os deputados estaduais do Arizona aprovaram uma lei que pode mudar o funcionamento das lojas de apps do Google e da Apple naquele estado.

A lei estabelece os desenvolvedores de apps baseados no Arizona não são obrigados a usar os sistemas de pagamentos de Google e Apple para oferecer seus apps nas lojas.

Eles poderiam, portanto, usar outros sistemas e deixar de pagar a comissão de 30% cobrada pelas gigantes de tecnologia.

A lei tem alcance apenas estadual e ainda precisa ser aprovada no senado local, mas já é considerada uma vitória por empresas que há algum tempo vêm se estranhando com

Apple e Google sobre regras nas lojas de apps.

Há projetos de lei semelhantes em outros estados dos EUA e a vitória no Arizona, caso a lei realmente entre em vigor, poderia gerar um efeito cascata em outras

regiões.

A lei foi elaborada com consultoria da Coalition for App Fairness (CAF), iniciativa criada por Spotify, Match (do Tinder) e outras empresas com o intuito de pressionar

por mudanças nas regras das lojas.

Logo após a aprovação da lei, a CAF comemorou no Twitter: “Hoje, o Arizona marcou posição e se tornou um primeiro estado nos EUA a endossar um mercado digital livre e

justo”, disse a associação.