Google estaria bloqueando presença da Amazon em TVs

Por meio de contratos de exclusividade com fabricantes de TV, o Google estaria impedindo que a Amazon ganhasse terreno nesse segmento, diz uma reportagem do Protocol.

Segundo fontes do Protocol, os contratos estabeleceriam que companhias que produzem televisores com Android TV não podem produzir TVs com outras versões “não oficiais” do Android.

Essas versões incluem a plataforma Fire TV, usada pela Amazon nos acessórios da linha Fire Stick.

Se algum fabricante quebrar as regras, o Google pode remover a Play Store e outros apps de suas TVs, e até mesmo de smartphones e tablets.

Assim, o Google estaria impedindo que a Amazon ganhasse mercado na área de TVs inteligentes.

Segundo fontes da reportagem, os contratos são uma realidade conhecida por quem trabalha nessa indústria, mas poucos falam deles abertamente.

O Protocol observa que a rivalidade entre Google e Amazon é antiga.

A Amazon chegou a deixar de vender o Chromecast (rival dos aparelhos da linha Fire Stick) em 2015, e o Google por sua vez tirou o app do Youtube dos dispostivos da Amazon.

A disputa foi resolvida em 2017, mas as empresas competem acirradamente no mercado de smart speakers e outros acessórios domésticos.