Google lança Android 9 Pie

Anunciado em maio no Google I/O, conferência anual do Google, o Android 9 começa a ser liberado para smartphones nesta semana. A nova versão é batizada de Pie (torta), mantendo a tradição dos nomes de doces e sobremesas nas versões do Android.

Algumas novidades do Android 9 Pie:

  • Melhor gerenciamento de bateria por meio de uso de inteligência artificial. O sistema detecta quais os apps mais usados e prioriza esses apps, impondo mais restrições de consumo de energia para aplicativos menos usados.
  • Os três ícones da parte de baixo da tela (voltar, home e apps abertos) são substituídos por apenas um. De modo similar ao iPhone X, o Pie traz novos gestos para que o usuário navegue sem usar o botão home (quem não gostar pode ativar layout padrão nas configurações do aparelho)
  • O conjunto de recursos batizado como Digital Well Being (algo como bem-estar digital) tem painéis que informam quanto tempo é gasto com cada app e permite que o usuário configure limites para o uso de cada aplicativo. É umatentativa de resposta do Google às críticas sobre os males do uso excessivo do smartphone. Como já comentado por aqui há alguns dias, Facebook e Apple recentemente anunciaram recursos semelhantes.

O Android 9 Pie já está disponível para smartphones da linha Pixel, projetada pelo Google e fabricada por empresas parceiras. Essa linha porém, não é e vendida no Brasil. O UOL testou o sistema e tem mais detalhes.

A má notícia … É pouquíssimo provável que você possa usar o Android 9 Pie no seu smartphone atual. Atualizar um celular custa dinheiro e na maioria dos casos os fabricantes preferem simplesmente vender um novo aparelho a gastar tempo, esforço e verba para atualizar smartphones já comprados. Atualmente, a versão 6 (lançada em 2015!) ainda é a mais popular.