Google, Microsoft e Qualcomm querem barrar venda da ARM

Google, Microsoft e Qualcomm pressionam autoridades dos Estados Unidos para que a compra da ARM pela Nvidia seja barrada, informa a Bloomberg.

Segundo a reportagem, as empresas temem que, sob gestão da Nvidia, ARM passe a restringir a venda de suas essenciais tecnologias de chips para outras empresas do mercado.

Há décadas, a ARM tem seu modelo de negócio baseado na venda de designs de chips para diversas companhias, como Qualcomm, Samsung, Apple e Huawei.

Estas empresas licenciam as tecnologias da ARM e criam então seus chips para smartphones, tablets e outros eletrônicos.

Já a Nvidia também tem seus chips, principalmente para placas gráficas, mas cada vez mais também para servidores e plataformas de alta performance de Inteligência Artificial.

Daí o temor das concorrentes que a Nvidia possa tomar para si as novas tecnologias da ARM e impedir a venda delas para outras empresas.

Por seu lado, a Nvidia declarou que não pretende mexer no modelo de negócios da ARM.

Mas, de acordo com a matéria da Bloomberg, concorrentes desconfiam que essa postura possa mudar mais para frente, após a aprovação da compra pelas autoridades.