Google será processado por rastrear usuários mesmo no modo anônimo

Uma juíza dos EUA determinou na sexta-feira que um processo contra supostas violações de privacidade cometidas pelo Google continuará a tramitar.

A empresa tentava ‘matar’ a ação, movida por três usuários na Califórnia.

No processo, eles alegam que a empresa viola a privacidade de seus usuários ao coletar dados mesmo quando a aba de navegação anônima é usada.

“A Corte conclui que o Google não notifica os usuários que continua a coletar dados quando eles estão em modo de navegação privada”, disse a juíza Lucy Koh na sentença.

Em sua defesa, o Google diz que seus termos de uso são claros sobre a coleta de dados e que deixa claro que “anônimo” não significa “invisível” e que as atividades do usuário podem ser detectadas pelos sites visitados e ferramentas de monitoramento de navegação.