Hospitais são novas vítimas de “vírus sequestrador”

Após invadirem sistemas de prefeituras nos EUA, os vírus “sequestradores de dados”, mais conhecidos como ransomware, começam a atacar também hospitais.

Matéria no Ars informa que, apenas nesta semana, dez hospitais se tornaram reféns de ransomware, dos quais três nos Estados Unidos e sete na Austrália.

No estado americano do Alabama, três hospitais foram fechados após terem seus sistemas invadidos e pacientes tiveram que ser transferidos para outras unidades.

Os sistemas e dados de pacientes foram travados pelos criminosos, que prometem liberar dados e sistemas apenas após pagamento.

Já os sete hospitais australianos estão fechados desde ontem após os ataques. Segundo autoridades, levará semanas até que os dados possam ser recuperados e novamente guardados de forma segura.