McAfee é processado por fraude envolvendo criptomoedas

O polêmico milionário John McAfee foi formalmente acusado de fraude financeira envolvendo criptomoedas na última sexta-feira.

Segundo as autoridades, ele enganou seus seguidores nas redes sociais para obter lucro com venda de criptomoedas como Reddcoin e Dogecoin.

A investigação apontou que McAfee aconselhava seus seguidores a investir em uma criptomoeda e, após a subida do preço, vendia seu estoque e ficava com o lucro.

Em nenhum momento McAfee dizia que já tinha valores investidos na criptomoeda sugerida e afirmava que sua análise era “isenta”.

O esquema teria rendido US$ 2 milhões entre 2017 e 2018.

McAfee foi acusado de sete crimes, incluindo lavagem de dinheiro, e pode pegar entre 5 e 20 anos de cadeia caso seja condenado.

Ele ficou famoso por fundar a empresa de antivírus de mesmo nome e já foi preso no ano passado também por questões ligadas a fraudes financeiras.