Microsoft alerta para brecha ‘zero-day’ no Windows

A Microsoft emitiu ontem um alerta para uma brecha no Windows que está sendo explorada por criminosos.

A falha é do tipo ‘zero-day’, ou seja, é um problema para o qual ainda não há uma correção.

A falha está em um arquivo do Windows usado por vários programas para exibir fontes criadas pela Adobe.

Criminosos conseguem explorar a brecha induzindo o usuário a abrir um documento ou apenas ver uma prévia dele no Windows Explorer.

A empresa não forneceu detalhes sobre quantos computadores teriam sido atacados. Mas usou a expressão ‘ataques direcionados e limitados’, o que normalmente indica ações relacionadas a espionagem industrial.

Para a maioria dos usuários, a empresa recomenda apenas cautela ao abrir arquivos desconhecidos e atualizar o Windows assim que um update for oferecido.

Para os mais paranoicos, a Microsoft recomenda desativar a exibição de prévias de arquivos no Windows Explorer, entre outras ações de maior complexidade para um usuário comum.