Microsoft estuda compra do TikTok, mas monitora Trump

A Microsoft está em negociações avançadas para comprar o TikTok, mas monitora a posição do governo Trump sobre o app.

Segundo o NY Times, as negociações entre a MS e a ByteDance, dona do TikTok, estavam avançadas. Mas a situação mudou após o presidente dos Estados Unidos declarar que iria banir o app do país em breve.

Na sexta-feira, Trump disse a repórteres que iria promulgar uma ordem no dia seguinte, ordenando o bloqueio do app no país. No entanto, até domingo, não havia notícia de que o documento tenha sido realmente assinado.

Há ainda dúvidas jurídicas sobre se Trump realmente poderia fazer isso apenas com uma canetada.

Ainda assim, a possibilidade de que o app seja banido esfriou as negociações entre a MS e a ByteDance.

As empresas esperar ter nos próximos dias uma posição mais clara do governo americano para que a aquisição possa ser completada.

Para a ByteDance, vender o app para uma empresa americana pode ser o único jeito de manter o TikTok ‘vivo’ nos EUA (e em outras partes do mundo, já que o governo Trump certamente pressionaria aliados a seguirem um eventual bloqueio).

Como já comentado por aqui, o TikTok entrou na mira do governo Trump à medida que crescem tensões comerciais e políticas entre EUA e China.