MP investiga vazamento de dados da FIESP

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) está investigando um vazamento de dados da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), informa o UOL.

As informações vazadas foram obtidas por pesquisadores da Hacken Proof, empresa estoniana especializada em fraudes online e vazamentos de dados.

De acordo com a companhia, havia 34 milhões de registros de informações pessoais, como nome, RG, CPF e até número de celular.

Ao constatar que as informações estavam expostas, a Hacken Proof alertou a Fiesp que confirmou o contato ao UOL.

A Fiesp representa mais de 130 sindicatos, que por sua vez reúnem mais de 130 mil empresas. 

Por isso, a federação tem em seus servidores grande quantidade de dados pessoais.

Devido ao grande volume de informações, o MPDFT instaurou um inquérito para apurar se a federação é responsável pelo incidente de segurança.