Óculos de RV Apple devem ser caros e de nicho

A Bloomberg divulgou ontem novos detalhes sobre o projeto de óculos de Realidade Virtual (RV) da Apple.

Segundo a reportagem, os óculos devem ser bem caros e de nicho. O objetivo da empresa não seria vender muitas unidades, mas sim estimular desenvolvedores a criarem apps inovadores e ‘dar um gostinho’ do potencial da tecnologia para o público em geral.

Fontes disseram à agência que a empresa espera vender apenas um ou dois óculos desses por dia em cada uma de suas 500 lojas.

A Bloomberg diz ainda que a Apple teria também um projeto de óculos de Realidade Aumentada (RA), estes sim com preço mais competitivo e apelo mais popular. Os óculos de RA, no entanto, ainda devem demorar anos para chegar ao mercado.

Voltando aos óculos de RV, a Bloomberg afirma que eles devem ser similares aos produtos da linha Oculus, do Facebook. Seriam, portanto, voltados para criar um ambiente virtual para jogos e serviços de streaming.

Os óculos devem funcionar de forma independente, ou seja, não precisarão de computadores ou smartphones para ajudar no processamento.

Segundo a Bloomberg, a Apple pretende incluir seus chips mais poderosos nos óculos, além de telas com resolução superior à dos atuais concorrentes.

Os óculos devem ainda ter pequenos ventiladores para evitar aquecimento, algo que a Apple já evita há alguns anos em seus Macbooks.

Segundo a Bloomberg, o lançamento dos óculos de RV estaria previsto para o ano que vem. Mas o produto ainda está em fase de testes e essa data pode mudar.