OMS deve expandir serviço de mensagens sobre coronavírus

A Organização Mundial de Saúde pretende expandir em breve um serviço de informações sobre o coronavírus que funciona por meio do WhatsApp.

O serviço, em teste na África do Sul há 5 dias, funciona como um bot do WhatsApp, fornecendo informações e orientações sobre o vírus, e usando Inteligência Artificial para responder questões dos usuários.

Segundo a Bloomberg, a ideia da ferramenta partiu de reuniões entre Mark Zuckerberg e representantes da OMS.

Atualmente, o serviço já tem 10 milhões de usuários na África do Sul e alguns outros países africanos.