Qualcomm leva multa de 242 milhões de euros

Após quatro anos de investigações, a União Europeia resolveu multar a Qualcomm em 242 milhões de euros.

A empresa foi considerada culpada de prejudicar uma concorrente (no caso, a Icera) ao vender chips 3G por valor muito abaixo de mercado.

A irregularidade ocorreu entre 2009 e 2011, quando as empresas competiam pelo mercado de chips 3G.

Segundo as autoridades, a Qualcomm vendeu chips muito abaixo do preço de mercado para a Huawei e para a ZTE, e com isso impediu a Icera de crescer.

A multa não deve prejudicar as finanças da Qualcomm, que teve receita bruta de US$ 22 bilhões no ano passado.

Já no caso da Icera, a multa chegou tarde demais.

A empresa foi vendida para a NVidia em 2011, e deixou de vez o mercado de modems há quatro anos.