Recuperação das fábricas da Foxconn está acima do esperado

Fundador e CEO da Foxcoon, Terry Gou disse ontem à Reuters que a empresa está recuperando sua capacidade de produção em velocidade acima do previsto.

Após algumas semanas fechadas devido ao surto de coronavírus, as fábricas da Foxconn retomaram as atividades há alguns dias.

Em fevereiro, a Foxconn sofreu a maior queda de receita de sua história após o surto do coronavírus na China. No ano, as ações da empresa caíram 18%.

O executivo alertou sobre a fraca demanda pelos produtos da empresa, incluindo o iPhone, na Europa e nos EUA.

“Nos EUA, estamos preocupados com o mercado. Se a produção volta rapidamente, mas não há compra, isso pode prejudicar nossas operações”, disse o executivo.

Maior cliente da Foxconn, a Apple há algumas semanas alertou para uma queda de receita devido ao coronavírus, como já comentado por aqui.