Sem 5G, novos iPhones não devem emplacar na China

Mal saíram os novos iPhones e os analistas já fazem suas previsões sobre o desempenho dos aparelhos.

Segundo uma reportagem da Reuters, os iPhones 11 não devem fazer muito sucesso na Ásia.

O motivo principal é a ausência do 5G, que já funciona na China e na Coreia do Sul. Afinal, quem vai gastar uma fortuna em um aparelho ultrassofisticado se ele não suporta conexões mais rápidas?

A leve redução do preço do modelo mais básico (de US$ 750 no XR para US$ 700 no iPhone 11) também não empolgou muito. O preço ligeiramente menor é um esforço da Apple para concorrer principalmente com Huawei e Samsung no segmento dos “intermediários premium”

Fontes da Reuters se mostraram céticas quando às vendas do aparelho.

“Os novos telefones da Apple não foram nenhuma surpresa. A única mudança tangível é uma câmera adicional no modelo premium”, disse um analista da Coreia do Sul.

A participação da Apple no mercado chinês 5,8% no segundo tri dste ano, contra 6,4% no mesmo período do ano anterior, segundo a consultoria Canalys.