Sem surpresas, Apple lança novos iPhones

Confirmando praticamente todos os rumores, a Apple lançou ontem seus novos iPhones, além de outras novidades. Vamos então ao resumão

iPhones

São três novos modelos: iPhone 11, iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max. Eles começam a ser vendidos no dia 20 deste mês nos EUA e mais alguns países.

Ainda não há preços nem data para o Brasil, mas nos últimos anos os iPhones têm chegado por aqui no fim de novembro.

Mais básico da linha, o iPhone 11 (US$ 699) tem duas câmeras traseiras. O tamanho da tela é de 6,1 polegadas, o mesmo usado em seu antecessor direto, o iPhone XR. O acabamento é em vidro e alumínio, como no XR.

Os iPhones da linha Pro têm alguns diferenciais em relação ao 11. O mais aparente é a terceira câmera ultrawide na traseira.

Além das câmeras, os iPhones Pro têm telas de OLED (de 5,8 polegadas no Pro e 6,5 no Pro Max), superiores à tela LCD do iPhone 11.

Outro diferencial é um carregador de 18W para carregar a bateria rapidamente, um acessório já comum em aparelhos de outros fabricantes há algum tempo.

O iPhone 11 também tem suporte para carregamento rápido. Porém, virá como o mesmo carregadorzinho sem vergonha dos iPhones anteriores. Coisas da Apple.

Todos os iPhones vêm com o novo chip A13, cerca de 20% mais rápido do que o antecessor, e a Apple promete maior duração de bateria em relação aos modelos do ano passado.

Os três aparelhos têm ainda um modo para tirar fotos em baixa luz, situação em que a câmera do iPhone já tinha sido superada por concorrentes.

Ficaram de fora dois recursos importantes: o suporte para 5G (irrelevante para nós brasileiros, mas importante em outros mercados) e o carregamento reverso.

iPads

Foi anunciado um novo modelo de entrada do iPad, com tela de 10,2 polegadas (o tradicional tamanho de 9,7 polegadas não será mais produzido). Ele custará US$ 329 e será lançado no dia 30 deste mês.

A linha de iPads da Apple continua bem confusa, já que além do iPad tradicional há o iPad Mini, iPad Air e iPad Pro.

Apple Watch

O relógio da Apple também ganhou uma nova versão, sem grandes novidades.

O Watch Series 5 tem o mesmo design da versão anterior e a maior novidade é que a tela pode ficar sempre ligada mostrando as horas, algo já muito pedido desde a primeira versão. Custará US$ 399.