Sony abandona vendas de eletrônicos no Brasil

Primeiro foram os smartphones, agora são os outros gadgets da Sony que se despedem do Brasil.

A empresa anunciou ontem que vai encerrar as vendas no país de produtos das divisões de TV, áudio e câmeras até o fim deste mês.

O movimento da marca japonesa já era esperado, já que em setembro de 2020 ela tinha anunciado o fechamento de sua fábrica em Manaus.

Segundo a Sony, os serviços de garantia e suporte técnico aos consumidores serão mantidos por aqui.

Os demais negócios do grupo, como Games (PlayStation), soluções profissionais, música e entretenimento, continuarão.