TikTok EUA convive com atrasos em vistos de funcionários

Em três meses, funcionários do TikTok nos EUA viram sua empresa ser ameaçada de extinção e a saída de seu CEO.

Agora, alguns deles começam a enfrentar outro problema: a falta de visto trabalhista.

Como outras empresas do Vale do Silício, o TikTok emprega muitos estrangeiros, principalmente chineses e indianos.

Segundo reportagem do LA Times, esses funcionários vêm enfrentando uma demora acima do normal na concessão de seus vistos,

De acordo com a matéria, vários funcionários contratados recentemente não conseguem receber seus salários por ainda não terem seus vistos temporários de trabalho.

Nos EUA, vistos temporários de trabalho normalmente são aprovados até cerca de 15 após o pedido da empresa. Mas não tem sido esse o caso do TikTok EUA.

Funcionários entrevistados pelo LA Times, alguns há anos nos EUA, têm agora o receio de serem obrigados retornarem para seus países de origem.

A LA Times, o TikTok confirmou que “há atrasos fora do comum em vistos na empresa, que não parecem ser o padrão para outras companhias dos EUA”.

Por seu lado, o governo dos EUA não comentou a reportagem.