Trump declara guerra ao Twitter

Acostumado a postar no Twitter tudo que vem à cabeça, Donald Trump não gostou nada de ver um tuíte ser receber uma marcação de ‘conteúdo suspeito’.

No Twitter, claro, ele ameaçou a empresa e outras redes sociais.

“Republicanos percebem que as redes sociais silenciam vozes conservadoras. Vamos regulamentar fortemente ou fechá-las, antes de deixar que isso aconteça”, escreveu Trump.

Em outro tuíte, foi mais direto. “O Twitter mostrou que tudo o que achávamos sobre ele era verdade. Uma forte ação está a caminho!”.

O tuíte marcado com alerta pelo Twitter se referia a uma suposta fraude em votos pelo correio.

O Twitter acrescentou um alerta para avisar que as afirmações eram falsas e que foram desmentidas por verificadores de fatos.