Tuíte polêmico de Musk gera investigação do governo americano

Elon Musk / Foto: JD Lassica – Wikimedia Commons

A Tesla está sob investigação do Departamento de Justiça dos Estados Unidos, informa a Bloomberg. O motivo é o polêmico tuíte do início de agosto, em que o CEO Elon Musk disse que recompraria todas as ações da Tesla na bolsa e fecharia o capital da empresa.

No tuíte, Musk disse que o dinheiro para a operação estava garantido, mas isso não aconteceu. O tuíte pegou de surpresa os investidores da empresa e o mercado financeiro, e as ações da Tesla passam por instabilidade desde então.

Duas semanas depois do tuíte, Musk desistiu da ideia, mas a repercussão se manteve. Até o momento, a empresa já perdeu US$ 18 bilhões em valor de mercado, cerca de um terço do valor da companhia antes do tuíte.

A investigação por fraude aberta pelo Departamento de Justiça se soma à outra investigação, iniciada pela Securities and Exchange Comission (SEC), órgão que fiscaliza o mercado financeiro dos EUA.