Uber estuda venda de unidade de carros autônomos

Após anos de muito investimento, muitos problemas e pouco retorno, o Uber estuda vender sua divisão de carros autônomos, a Uber ATG.

Segundo o TechCrunch, a compradora pode ser a Aurora, que também atua na área de veículos autônomos.

O Uber começou a desenvolver carros autônomos há cinco anos, mas o progresso da iniciativa foi lento.

Em 2018, um carro autônomo do Uber atropelou e matou uma ciclista nos EUA, o que interrompeu o projeto por vários meses.

Desde então, o Uber ATG ficou ainda mais para trás em relação à Waymo, da Alphabet.

Mesmo antes da pandemia, o Uber já não tinha uma situação financeira confortável, com IPO fraco e seguidos trimestres de prejuízo.

Como resposta o CEO Dara Khosrowshahi implementou uma estratégia de cortes de custos e alinhamento da operação.

A situação, claro, foi agravada pela pandemia e neste ano o Uber demitiu milhares de funcionários, desfez-se de participações minoritárias e estuda ainda um parceiro para sua operação de ‘carros voadores.